domingo, 1 de agosto de 2021
RELIGIÃO

Bispo da diocese de Guarapuava ordena monge beneditino em Ponta Grossa

Neimar Buss nasceu no dia 16 de outubro de 1980. Entrou para o mosteiro beneditino de Ponta Grossa, em 2003. No noviciado recebeu o nome de João Batista, em homenagem ao pregador, primo de Jesus Cristo e responsável pelo início do Batismo.

15/06/2021 11:18:00

Clique AQUI para ouvir:

Na última sexta-feira, dia 11 de junho, na parte da manhã, o bispo da diocese de Guarapuava, Dom Amilton Manoel da Silva, ordenou diácono o monge beneditino Neimar Buss.

O ato religioso foi no Mosteiro da Ressurreição, em Ponta Grossa.

A partir do noviciado, o monge passou a ser chamado de Dom João Batista, de acordo com as regras e determinações daquela ordem religiosa.

Natural de Manoel Ribas, Paraná, Neimar Buss nasceu no dia 16 de outubro de 1980. Entrou para o mosteiro beneditino de Ponta Grossa, em 2003. No noviciado recebeu o nome de João Batista, em homenagem ao pregador, primo de Jesus Cristo e responsável pelo início do Batismo no mundo.

O agora diácono fez a sua primeira profissão religiosa em 10 de novembro de 2007. Recebeu a consagração monástica no dia 4 de março de 2012 e na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, recebeu o diaconato, pela imposição das mãos de Dom Amilton Manoel da Silva, CP. “Na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, tive a alegria em ordenar diácono, o monge beneditino Dom João Batista, nascido em Manoel Ribas, diocese de Guarapuava. Parabéns, e perseverança, Dom João Batista”, escreveu Dom Amilton.

Veja mais

voltar ao topo